PETROVINA SEMENTES
Menu
Sementes Petrovina
Whatsapp
creditoClique
ProdutividadeClique banner
Safra
Cotações
Previsão
do tempo
Cotações
Previsão do tempo
SEMENTES
Conheça as nossas tecnologias

Produz atualmente 19 variedades com volumes comercias de sementes de soja, que se adaptam a todos os níveis de fertilidade do solo, resistência e/ou tolerância aos Nematóides de Cisto e Galha, com ampla adaptabilidade às regiões do Centro-Oeste. 

Tecnologia
Primetech

Soluções a sob medida para potencializar sua produtividade

SAIBA MAIS
Tecnologia
Primepro

Um pacote completo de soluções para quem busca alto vigor e máxima produtividade

SAIBA MAIS
Tecnologia
Freereplant

Tranquilidade e segurança para o cliente PrimePro   

SAIBA MAIS
Tecnologia
TSI

Proteção e segurança para sua lavoura

SAIBA MAIS
Tecnologia
CIF

A melhor entrega de sementes para o agricultor

SAIBA MAIS
DEPOIMENTOS
Whatsapp
RESULTADOS
Petrovina Sementes gerando produtividade!
Cultivar
Produtor
Município
Área plantada (ha)
Produtividade (sc/ha)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
ELTON ZANELLA
Campos de Júlio
289.00
83.01
75I77RSF IPRO(ULTRA)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
CLAUDINEI BALABAM
Cerejeiras
63.00
81.30
8473RSF (DESAFIO)
8473RSF (DESAFIO)
CLAUDINEI BALABAM
Cerejeiras
97.00
80.70
8473RSF (DESAFIO)
8473RSF (DESAFIO)
MARCELO VENDRUSCULO
Cerejeiras
50.00
80.70
75I77RSF IPRO(ULTRA)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
GILBERTO GAUZE
Cerejeiras
20.00
79.00
8473RSF (DESAFIO)
8473RSF (DESAFIO)
TECA FLORESTAL
Nova Canaã do Norte
387.61
78.83
75I77RSF IPRO(ULTRA)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
HEREMESON BIANOR DE ARRUDA
VITORIA DA UNIÃO
2.90
77.90
8473RSF (DESAFIO)
8473RSF (DESAFIO)
Produtor
JOÃO CARLOS Z PARISE
Município
Canarana
Área plantada (ha)
86.00
Produtividade (sc/ha)
75.00
8579RSF IRPO (BÔNUS)
8579RSF IRPO (BÔNUS)
Produtor
RODRIGO SIVERIS
Município
Brasnorte
Área plantada (ha)
204.00
Produtividade (sc/ha)
71.40
Produtor
RODRIGO SIVERIS
Município
Brasnorte
Área plantada (ha)
9.00
Produtividade (sc/ha)
70.70
Produtor
TECA FLORESTAL
Município
Nova Canaã do Norte
Área plantada (ha)
53.54
Produtividade (sc/ha)
76.46
75I77RSF IPRO(ULTRA)
75I77RSF IPRO(ULTRA)
Produtor
MARCELO VENDRUSCULO
Município
Cerejeiras
Área plantada (ha)
80.00
Produtividade (sc/ha)
75.00
VEJA MAIS

Somos uma das maiores empresas produtoras de semente de soja do Brasil.

Atuando no mercado de sementes de soja há mais de 34 anos, a Petrovina Sementes, fundada por Carlos Ernesto Augustin, posiciona-se hoje como uma das maiores empresas sementeira do Brasil, oferecendo aos seus clientes diferentes variedades que se adaptam aos mais diversos níveis de fertilidade de solo em diferentes regiões.

SAIBA MAIS
BLOG
Fique ligado em todas as principais notícias do AGRO!
Os produtores brasileiros de soja concluíram cerca de 10% do plantio da safra 2021/22 até quinta-feira, 7, contra 4% uma semana antes e 3% no mesmo período do ano passado, aponta o relatório divulgado nesta segunda-feira, 11, pela consultoria AgRural.Segundo o boletim, a semana passada registrou chuvas em boa parte do Brasil, que favoreceram o avanço das máquinas em regiões mais adiantadas e também o início dos trabalhos onde o produtor ainda esperava melhora da umidade para começar a semear a safra 2021/22 de soja.O ritmo foi puxado por Mato Grosso, que já supera a máxima de cinco anos, e pelo Paraná, e só não foi mais acelerado devido às chuvas ainda irregulares no primeiro estado e ao excesso de umidade no segundo.Mesmo com chuvas ainda aquém do ideal, também já há plantio na maioria dos outros estados produtores, uma vez que as pancadas recentes já dão condições de semeadura em diversas áreas, num cenário mais promissor do que o da safra passada.MilhoO plantio de milho verão 2021/22, por sua vez, chegou na quinta-feira (07) a 38% da área estimada para o Centro-Sul do Brasil, ante 33% na semana precedente e 39% um ano atrás. O ritmo da semeadura perdeu força no Sul devido ao excesso de umidade, mas as lavouras se desenvolvem bem.Com algumas chuvas registradas na semana passada e melhora da umidade do solo, São Paulo e Minas Gerais começaram a colocar as plantadeiras em campo.CRIADO EM 11/10/2021 ÀS 9H51 POR CANAL RURAL - ATUALIZADO EM 11/10/2021 ÀS 9H51
Plantio da soja chega a 10% no Brasil, estima consultoria
Os produtores brasileiros de soja concluíram cerca de 10% do plantio da safra 2021/22 até quinta-feira, 7, contra 4% uma semana antes e 3% no mesmo período do ano passado, aponta o relatório divulgado nesta segunda-feira, 11, pela consultoria AgRural.Segundo o boletim, a semana passada registrou chuvas em boa parte do Brasil, que favoreceram o avanço das máquinas em regiões mais adiantadas e também o início dos trabalhos onde o produtor ainda esperava melhora da umidade para começar a semear a safra 2021/22 de soja.O ritmo foi puxado por Mato Grosso, que já supera a máxima de cinco anos, e pelo Paraná, e só não foi mais acelerado devido às chuvas ainda irregulares no primeiro estado e ao excesso de umidade no segundo.Mesmo com chuvas ainda aquém do ideal, também já há plantio na maioria dos outros estados produtores, uma vez que as pancadas recentes já dão condições de semeadura em diversas áreas, num cenário mais promissor do que o da safra passada.MilhoO plantio de milho verão 2021/22, por sua vez, chegou na quinta-feira (07) a 38% da área estimada para o Centro-Sul do Brasil, ante 33% na semana precedente e 39% um ano atrás. O ritmo da semeadura perdeu força no Sul devido ao excesso de umidade, mas as lavouras se desenvolvem bem.Com algumas chuvas registradas na semana passada e melhora da umidade do solo, São Paulo e Minas Gerais começaram a colocar as plantadeiras em campo.CRIADO EM 11/10/2021 ÀS 9H51 POR CANAL RURAL - ATUALIZADO EM 11/10/2021 ÀS 9H51
Os produtores estão vendo com otimismo este pontapé inicial para a semeadura da soja na safra 2021/22, marcado pela Abertura Nacional do Plantio da Soja – Safra 2021/22. Segundo Luiz Fernando Gutierrez , analista da Safras & Mercado, a perspectiva é de aumento de área no Brasil, que pode chegar a 40 milhões de hectares pela primeira vez – marca que atrai atenção internacional. “Neste final de setembro, Chicago começa a olhar com mais atenção para a safra brasileira, deixando de lado a colheita norte-americana que deve andar sem maiores problemas”, diz.Ainda de acordo com Gutierrez, Chicago não trabalha com perdas para o Brasil e está precificando o mercado entre US$ 12,50 a US$ 13,00 por bushel neste momento. “Para os próximos meses, Chicago não deve ter muita volatilidade”. Quanto ao câmbio, o especialista avisa que o ano eleitoral brasileiro pode trazer volatilidade, o que demanda ao produtor estar atento a esta questão cambial “porque pode ser um diferencial na hora de fechar os negócios”.Em relação a valores, o setor vem trabalhando com preço de safra nova entre R$ 150,00 em algumas regiões, com pequenas variações para cima ou para baixo. “São preços bem remuneradores, então acho que o produtor pode avançar na comercialização. Indicamos cerca de 30% de comercialização antes do plantio e 50% no momento da colheita”, avalia. “De forma geral, o produtor está bem avançado, com média de 26% de comercialização, mas pode progredir um pouco mais, sempre levando em conta essa volatilidade cambial”, completa.Com a previsão de aumento de área da soja, as lavouras com a oleaginosa deverão ter crescimento de 2,3% sobre o total semeado na safra 2020/2021, de 38,93 milhões.CRIADO EM 30/09/2021 ÀS 13H09 POR HENRIQUE OLIVEIRA E VICTOR FAVERIN, DE SÃO PAULO
Soja: Brasil pode chegar a 40 milhões de hectares plantados pela primeira vez
Os produtores estão vendo com otimismo este pontapé inicial para a semeadura da soja na safra 2021/22, marcado pela Abertura Nacional do Plantio da Soja – Safra 2021/22. Segundo Luiz Fernando Gutierrez , analista da Safras & Mercado, a perspectiva é de aumento de área no Brasil, que pode chegar a 40 milhões de hectares pela primeira vez – marca que atrai atenção internacional. “Neste final de setembro, Chicago começa a olhar com mais atenção para a safra brasileira, deixando de lado a colheita norte-americana que deve andar sem maiores problemas”, diz.Ainda de acordo com Gutierrez, Chicago não trabalha com perdas para o Brasil e está precificando o mercado entre US$ 12,50 a US$ 13,00 por bushel neste momento. “Para os próximos meses, Chicago não deve ter muita volatilidade”. Quanto ao câmbio, o especialista avisa que o ano eleitoral brasileiro pode trazer volatilidade, o que demanda ao produtor estar atento a esta questão cambial “porque pode ser um diferencial na hora de fechar os negócios”.Em relação a valores, o setor vem trabalhando com preço de safra nova entre R$ 150,00 em algumas regiões, com pequenas variações para cima ou para baixo. “São preços bem remuneradores, então acho que o produtor pode avançar na comercialização. Indicamos cerca de 30% de comercialização antes do plantio e 50% no momento da colheita”, avalia. “De forma geral, o produtor está bem avançado, com média de 26% de comercialização, mas pode progredir um pouco mais, sempre levando em conta essa volatilidade cambial”, completa.Com a previsão de aumento de área da soja, as lavouras com a oleaginosa deverão ter crescimento de 2,3% sobre o total semeado na safra 2020/2021, de 38,93 milhões.CRIADO EM 30/09/2021 ÀS 13H09 POR HENRIQUE OLIVEIRA E VICTOR FAVERIN, DE SÃO PAULO
As exportações brasileiras de soja em grão deverão ficar em 4,74 milhões de toneladas em setembro, conforme levantamento semanal da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Em setembro do ano passado, as exportações ficaram em 3,92 milhões de toneladas, uma alta de 20,9%. Em agosto, o país embarcou 5,79 milhões de toneladas.Na semana entre 19 e 25 de setembro, o Brasil embarcou 1,1 milhão de toneladas. Para o período entre 26 e 2 de outubro, a Anec indica a exportação de 1,19 milhão de toneladas. No acumulado do ano, a Associação projeta embarques de até 79 milhões de toneladas de soja até o final de setembro.Para o farelo de soja, a previsão é de embarques de 1,52 milhão de toneladas em setembro. No mesmo mês do ano passado, o total exportado foi de 1,32 milhão de toneladas. Em agosto, volume ficou em 1,28 milhão de toneladas.Na semana passada, as exportações ficaram em 237,6 mil toneladas e a previsão para esta semana é de 492,9 mil toneladas. No acumulado do ano, os primeiros nove meses devem fechar com 12,81 milhões de toneladas embarcadas.CRIADO EM 29/09/2021 ÀS 12H58 POR AGÊNCIA SAFRAS
Soja: Brasil deve embarcar 4,74 milhões de toneladas em setembro
As exportações brasileiras de soja em grão deverão ficar em 4,74 milhões de toneladas em setembro, conforme levantamento semanal da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Em setembro do ano passado, as exportações ficaram em 3,92 milhões de toneladas, uma alta de 20,9%. Em agosto, o país embarcou 5,79 milhões de toneladas.Na semana entre 19 e 25 de setembro, o Brasil embarcou 1,1 milhão de toneladas. Para o período entre 26 e 2 de outubro, a Anec indica a exportação de 1,19 milhão de toneladas. No acumulado do ano, a Associação projeta embarques de até 79 milhões de toneladas de soja até o final de setembro.Para o farelo de soja, a previsão é de embarques de 1,52 milhão de toneladas em setembro. No mesmo mês do ano passado, o total exportado foi de 1,32 milhão de toneladas. Em agosto, volume ficou em 1,28 milhão de toneladas.Na semana passada, as exportações ficaram em 237,6 mil toneladas e a previsão para esta semana é de 492,9 mil toneladas. No acumulado do ano, os primeiros nove meses devem fechar com 12,81 milhões de toneladas embarcadas.CRIADO EM 29/09/2021 ÀS 12H58 POR AGÊNCIA SAFRAS
VER TODAS

Fale conosco

Selecione um assunto
Opção 1
Opção 2
Opção 3
Opção 4
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo Petrovina Original em Vetor

Trabalhe conosco

*Campos obrigatórios.
*Arquivos aceitos Word e PDF.
Anexar arquivo Anexar
Enviar
Logo Petrovina Original em Vetor
CotaçõesCotações
Dólar
Bolsa Chicago